Portal de Angola
Informação ao minuto

Presidência do MPLA em consulta nas províncias

João Lourenço (DR)

Os Comités Provinciais do MPLA em todo o País começaram hoje a ser consultados sobre a transição política ao nível da presidência do partido, que culminará com a eleição de João Lourenço na direcção máxima do partido.

Segundo apurou o Novo Jornal Online, nessas consultas, os membros dos comités provinciais vão ser informados da resolução sobre o VI Congresso Extraordinário, com data prevista para o dia 7 de Setembro de 2018, assim como o cronograma de acções a desenvolver no quadro da sua preparação.

“O Partido está a viver um momento histórico, durante o qual são chamados todos os militantes para cerrarem fileiras em torno do Partido e dos seus ideais, com vista a reforçar a unidade e a coesão interna”, diz uma nota do partido no poder.

Recorde-se que o presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, reafirmou na última reunião do Comité Central, que deixa a vida política em 2018 por vontade própria.

Na sessão que teve como objectivo aprovar a resolução sobre a realização do sexto Congresso Extraordinário do MPLA, a ter lugar em Setembro, José Eduardo dos Santos afirmou que a transição deve ser feita sem sobressaltos e que o processo deve mostrar a maturidade política do partido no poder em Angola, como uma força com mais de 60 anos.

Durante a intervenção, José Eduardo dos Santos, que não concorreu às eleições gerais de Agosto de 2017, recordou que a transição a nível do partido culminará com a eleição de um novo presidente em resultado da vontade por si manifesta de abandonar a vida política no ano de 2018, apesar de o seu mandato regular terminar em 2021, por força dos estatutos do MPLA.

“Recordo-me ter dito em linhas gerais que tudo que tem um começo tem um fim. Porque é assim a dialéctica da vida”, afirmou durante o discurso de improviso.

Referiu que a vida do MPLA tem um ciclo que termina e recomeça-se assim a outra fase da sua existência e que o partido deve saber reter tudo que fez de positivo e lhe permitiu chegar a fase em que se encontra, estabelecendo novos objectivos para os seus militantes visando materializar os ideais proclamados desde a sua fundação.

O MPLA aprovou a 27 de Abril a realização de um congresso extraordinário na primeira quinzena de Setembro deste ano e a candidatura de João Lourenço ao cargo de Presidente do partido. (Novo Jornal Online)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »