Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Participação de diplomata angolano na inauguração da embaixada americana em Jerusalém leva a exoneração de Espírito Santo

O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, exonerou ontem, em despachos separados, o director para África, Médio Oriente e Organizações Regionais, Joaquim do Espírito Santo, e do ministro conselheiro da Embaixada de Angola em Telavive, Israel, João Diogo Fortunato

O chefe da diplomacia angolana justifica as exonerações com a “inobservância dos procedimentos da cadeia de tomada de decisão interna e que lesou o bom nome e imagem de Angola com países com os quais mantém uma histórica relação diplomática”.

Trata-se da participação do ministro conselheiro João Diogo Fortunato na inauguração da Embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) em Jerusalém, com a anuência de Joaquim do Espírito Santo, até então director para África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores.

Os Estados Unidos transferiram, na semana passada, a sua Embaixada em Israel de Telavive para Jerusalém, o que gerou uma onda de protestos e uma escalada de violência na Faixa de Gaza.

Para a cerimónia foram convidados 86 embaixadores e encarregados de negócios, 40 dos quais aceitaram, mas a maioria dos Estados europeus não esteve presente por não concordar com a mudança da embaixada de Telavive para Jerusalém, que rompe o consenso da comunidade internacional. Entre os países que declinaram o convite estavam Espanha, Reino Unido, França e Itália. (Jornal de Angola)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »