Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Nova rede de distribuição de água entra em funcionamento no Dondo

Uma nova rede de distribuição de água potável construída na cidade do Dondo, sede do município de Cambambe, província do Cuanza Norte, entra em funcionamento dentro de alguns dias, visando o melhoramento do fornecimento deste liquido às populações da localidade.

O facto foi anunciado terça-feira, nessa cidade, pelo administrador municipal Adão António Malungo, no acto de abertura das celebrações do 45º aniversário da ascensão do Dondo à categoria de cidade, que se assinala no dia 28 deste mês.

A infra-estrutura, que começou a ser construída em 2014, contempla uma conduta de 40 quilómetros de extensão, 30 chafarizes dos 50 previstos e vai numa primeira fase fornecer 160 metros cúbicos de água/segundo, através da antiga captação instalada no rio Kwanza, com capacidade para 300 metros cúbicos que, no entanto, aguarda por reabilitação.

Além da inauguração da primeira fase do novo sistema de distribuição de água, o programa da celebração da efeméride contempla também a realização de actividades de índole desportivas, recreativas e culturais.

Além da inauguração do sistema de energia eléctrica, que pela primeira vez chega à localidade de Aldeia Nova, comuna de Massangano, a 20 quilómetros da cidade do Dondo, vai ser realizada uma feira de produtos agropecuários e de artesanato.

Uma mesa redonda com o tema “A verdadeira data do aniversário do Dondo, hábitos e costumes”, com a participação de historiadores, anciãos, políticos, professores e convidados, com vista disseminar a informação, sobre as motivações do 28 de Maio para o Dondo constam ainda do programa das comemorações.

No acto de abertura, o administrador Adão Malungo reiterou o compromisso da Administração Municipal, no comprometimento com a causa da circunscrição, tendo em vista a necessidade de se prestar maior atenção às populações.

A história do Dondo remonta do século XIV e consta que é terra pertencente ao reino do Ndongo, formada pela migração de povos negros oriundos do centro de África, chefiados pelo rei Ngola Nzinga, que avançou para o Kwanza e ocupou todas as terras até ao mar.

Dondo teve como denominação “Mbanza Kabaza” e foi a sede do reino do Ndongo.

Em 1625, acolhe a maior Feira Comercial do Reino do Ndongo, absorvendo produtos trazidos pelas caravanas das Lundas e da Quibala.

Sob a égide do português Francisco Inocêncio Coutinho, Dondo é elevado a categoria de sede do conselho, em 1857 e, ascende a categoria de vila em 1870.

A 28 de Maio de 1973, foi elevado à categoria de cidade, em acto orientado pelo então governador-geral da província ultramarina de Angola, Fernando Santos e Castro.

Durante muitos anos, essa data foi confundida com o dia 29 de Maio, por alegadamente, neste dia, terem se registado, no Dondo, alguns desacatos envolvendo populações nativas e forças coloniais portuguesas, passando a data ser comemorada como o dia da cidade. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »