- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Governos Provinciais Governo Provincial da Lunda-Sul Governador garante apoios a penitenciária luzia

Governador garante apoios a penitenciária luzia

O governador provincial da Lunda Sul, Ernesto Kiteculo, garantiu hoje, sábado, em Saurimo, apoiar com bens de primeira necessidade e diversos materiais a penitenciária Luzia, com vista a suprir algumas dificuldades com que se debate aquela instituição prisional.

A garantia foi dad durante uma visita de constatação a cadeia, tendo adiantado que todo apoio é bem-vindo, advogando que tais acções permitirão que surjam novos programas de formação técnico-profissional, visando formar homens capazes de desenvolver a região.

Ernesto Kiteculo, após o término da visita, conversou com a população penal, apelando-os a maior responsabilidade, ética e respeito com comparsas na cadeia, para que possam beneficiar de indultos.

Sublinhou que muitos dos jovens aprisionados estão aprender vários cursos e o governo necessita desta mão-de-obra qualificada, para ajudar a desenvolver a província.

“Este lugar hoje reeduca pessoas que foram cometendo erros, espero que quando uns terminarem as suas penas, se foquem no desenvolvimento socio-económico da província, porque quem cometer poderá voltar a cadeia”, alertou.

Ernesto Kiteculo procedeu a entrega de um kit de material didáctico, com vista a incentivar a população penal a ler e a escrever.

Os presos para além do campo formativo, muitos deles dedicam-se a produção agrícola e o estabelecimento prisional debate-se com problemas da falta de água e meios de transportes.

Com capacidade para albergar 475 reclusos, o estabelecimento prisional da Luzia conta com meios modernos de monitorização, área de artes e ofícios, blocos feminino e masculino, centro médico, lavandaria, refeitórios, cozinha industrial, padaria, entre outras áreas. Actualmente comporta 428, sendo 210 detidos, 218 condenados, incluindo seis estrangeiros da RDC. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.