Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Defendida dignificação dos nacionalistas

O contínuo reconhecimento das figuras históricas, dos vários partidos políticos que lutaram para a libertação de Angola, foi defendida nesta quinta-feira, em Luanda, pelo embaixador de carreira Luís Neto Kiambata.

Em declarações à Angop, a propósito da conferência sobre a trajectória de Lúcio Lara, o diplomata defendeu que, independentemente das filiações partidárias, devem ser reconhecidos e homenageados todos aqueles que se debateram pelo país.

Ao referir-se de Lúcio Lara, Luís Kiambata afirmou que foi um homem muito sóbrio e patriota.

A conferência decorreu sob o lema “Lúcio Lara: Trajectória de um combatente”.

Já o académico João Teta enalteceu o reconhecimento desta figura histórica, tendo reconhecido que os feitos de Lúcio Lara na luta de libertação de Angola transcendem o MPLA.

Entre outras figuras que devem ser igualmente reconhecidas, o académico destacou a de Hoji-Ya-Henda.

Corroborando da ideia, o embaixador de Angola na Argentina, Hermínio Escórcio, destacou o humanismo, dignidade e carácter educador de Lúcio Lara.

A homenagem foi feita pela Associação Tchiweka e contou com uma exposição fotográfica sobre os vários aspectos da vida de Lúcio Lara.

Lúcio Rodrigo Leite Barreto de Lara, também conhecido por seu nome de guerra Tchiweka, nasceu no dia 9 de Abril de 1929. Foi um dos membros fundadores do Movimento Popular de Libertação de Angola. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »