Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ministro pede às empresas pagamento de contribuições à segurança social

O ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social ( MAPTSS), José Maiato, apelou quinta-feira, na cidade do Uíge, às pessoas e empresas a pagarem as suas contribuições na Segurança Social.

O governante que falava em jeito de balanço após visitas efectuadas a várias instituições afectas ao sector, frisou que as pessoas e empresas que não pagam contribuições à Segurança Social estão a prejudicar o futuro dos pensionistas e outros beneficiários.

José Maiato avançou que o sector vai continuar, de forma permanente, com o trabalho de sensibilização e rigor quanto à fiscalização com realação a este procedimento.

“Quero dar a conhecer que muito brevemente vamos submeter à apreciação superior um conjunto de diplomas que visam a cobrança coerciva das contribuições de segurança social para todos aqueles que têm dividas”, enfatizou.

Estimou em mais de cinco biliões de kwanzas a divida das empresas com relação as contribuições.

O ministro José Maiato visitou os centros de formações de artes e ofícios 1º de Maio, Quigima (Uíge) e centro Agostinho Neto (Negage), os Instituto de Segurança Social dos municípios de Negage e Uíge, o SIAC e a direcção províncial do MAPTSS.

O governante que está em visita de trabalho de três dias à provincia do UIge, hoje, sexta-feira, vai inaugurar o centro de formação feminina do município do Songo. (Angop)

1 comentário
  1. Palma Inácio Diz

    Investiguem-se os descontos dos funcionários que trabalham nas diversas embaixada (portugal e afins) e iam ver como arrecadávamos mais dinheiro

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »