Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Petróleo a caminho dos 75 dólares. Reunião da OPEP pode prolongar cortes na produção

A OPEP vai reunir-se com o prolongamento do acordo para reduzir a produção de petróleo em cima da mesa. Perspetiva de travão na oferta está a puxar o petróleo para máximos de três anos.

O petróleo não para de subir. Está em máximos de 2014, com o Brent cada vez mais perto dos 75 dólares. Isto numa altura em que os investidores aguardam pela reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), que decorre na sexta-feira.

No encontro entre os produtores de petróleo, a OPEP e a Rússia vão focar-se no prolongamento da sua cooperação além deste ano para reduzirem o excesso de petróleo que há no mercado. Neste cenário, o Brent, negociado em Londres, está a subir 1,12% para 74,30 dólares, enquanto o WTI, negociado em Nova Iorque, acelera 1,05% para 69,19 dólares.

Os investidores estão focados na queda dos inventários norte-americanos [do que no aumento da produção]“, sublinha Satoru Yoshida, analista da Rakuten Securities, citado pela Bloomberg. “Se não houver uma indicação na reunião da OPEP de que vão continuar a cortar a produção além de 2018, isso pode puxar pelos preços do petróleo”, acrescenta o analista.

“Se não houver uma indicação na reunião da OPEP de que vão continuar a cortar a produção além de 2018, isso pode pressionar os preços do petróleo.”

A ajudar esta recuperação do mercado petrolífero esteve também a queda das reservas nos EUA. Os inventários recuaram 10,6 milhões de barris por dia, o valor mais baixo desde março de 2015, de acordo com o Departamento de Energia dos EUA. (Economia Online)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »