Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Activistas estão com medo em Moçambique

Em Moçambique, os activistas vivem num clima de medo agravado desde o rapto e espancamento do jornalista, jurista e comentador político, Ericino de Salema.

O medo reina entre os activistas moçambicanos. A Liga das Organizações da Sociedade Civil (JOINT) reforça assim a posição da Organização Não Governamental, Human Rights Watch, que considera que a impunidade, bem como a lentidão nas investigações, semeia e faz crescer o medo entre os activistas, jornalistas e académicos bem como todos aqueles cujas vozes são incómodas para o Governo.

Está assim instalado um clima de medo entre as vozes críticas ao regime. Simão Tila, Secretário Executivo da Liga das Organizações da Sociedade Civil, não esconde que o momento é de incertezas.

Um clima antes denunciado pela Organização Não Governamental, Human Rights Watch, que em comunicado referiu que se faz sentir esse clima com mais intensidade após o rapto e espancamento a 27 de Março do jornalista, jurista e comentador político, Ericino de Salema. Quem será o próximo é a pergunta que fica no ar enquanto Simão Tila apela à união.

O clima de medo está a ganhar terreno em Moçambique. (Rfi)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »