Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ressaltada importância da implementação do programa de governação

O governador do Cuando Cubango, Pedro Mutindi, realçou segunda-feira, na região, a importância do cumprimento do programa de governação do MPLA para o período 2017/2022 que visa a melhoria das condições de vida da população e o crescimento do país.

O governante fez esta exortação na cerimónia da tomada de posse de quatro novos administradores e a recondução de cinco outros, decorrida no salão nobre o governo provincial e testemunhado por membros do seu pelouro.

Trata-se dos novos administradores municipais de Menongue, Júlio Vidigal, do Cuchi, Carlos José Pedro, do Cuangar, Carla Maria Domingas Cativa, do Rivungo, Daniel Cassela Nhama Tchituve, e do Cuito Cuanavale, Daniel Manuel Ndumba.

Foram reconduzidos os administradores de Mavinga, Francisco Manjolo, do Dirico, Armando Camahia, do Nankova, Carlito André, e do Calai, Afonso Dala.

Sublinhou que, depois da garantia da manutenção do poder, é dever e obrigação, agora, a implementação das acções para a concretização dos objectivos traçados nas eleições de Agosto de 2017.

De acordo com o governador, os administradores municipais conhecem a realidade da província e do país, no geral, bem o caminho percorrido desde 1974 até ao momento actual e o que ainda se tem por percorrer.

Pedro Mutindi acredita que a escolha dos administradores foi bem-feita, porquanto irão garantir a funcionalidade das administrações municipais de forma operativa, eficiente e capaz de responder no limite das capacidades do governo.

“Os administradores irão também corresponder naquilo que forem os limites financeiros, humanos, materiais nos municípios, num período bastante difícil”, referiu o governador.

Para o titular, apesar desta crise financeira e económica, que espera-se ser debelada pelo Executivo, o país tem rumo visando o contínuo desenvolvimento de Angola.

Pedro Mutindi prometeu aos empossados que o governo que dirige estará sempre disponível para ajudar, naquilo que for necessário, os gestores que aceitaram este novo desafio e que exige uma responsabilidade redobrada.

Os administradores juraram ser fiéis à pátria angolana, cooperar na realização dos fins superiores do Estado, defender os princípios fundamentais da ordem estabelecida na Constituição, respeitar e fazer respeitar as leis e realizar com zelo e dedicação as funções pelas quais foram nomeados. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »