Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Com prisão de Lula, Brasil entra em ‘época de turbulência’

Com prisão de um dos políticos mais populares do Brasil, o país enfrenta vários perigos. Cresce o nível de indignação, as pessoas acreditam cada vez menos nos políticos no poder e têm pouca certeza sobre o que pode esperar o Brasil no futuro próximo.

Aleksandr Chichin, diretor da Faculdade de Ciências Econômicas e Sociais da Academia de Economia Nacional e Administração Pública russa, compartilhou com o serviço russo da Rádio Sputnik sua opinião quanto a detenção do petista.

Para analista, Lula é uma figura destacada que conta com muito apoio popular e claro que receberia a maioria dos votos se conseguisse participar das eleições presidenciais de 2018. Isso significaria o retorno à época do PT no Brasil que, segundo Chichin, foi um período de “renascença” em que foram realizados programas sociais notáveis e eficazes.

Hoje em dia, continuou, o Brasil tem um governo diferente com um rumo completamente diferente, em que o presidente Temer fez tudo para que os líderes do PT ficassem fora, começando com o impeachment de Dilma Rousseff, realizado em 2016, e agora já foi atingido o verdadeiro líder do partido, Luiz Inácio Lula da Silva.

As acusações contra Lula têm caráter bem duvidoso, opina Chichin. Falando do discurso do ex-presidente, o analista russo o comparou com o de Martin Luther King e o chamou de despedida brilhante por 12 anos. O que, afinal de contas, significa a prisão de Lula.

Primeiro, isto significa que o partido governante virou mais forte: dezenas de políticos do atual governo, inclusive o próprio presidente Temer, enfrentaram várias acusações de corrupção. Michel Temer esteve durante dois anos evitando o impeachment com respectiva ulterior investigação e prisão.

“Em relação a Lula o poder judicial funcionou de modo diferente. A acusação não comprovada sobre recebimento de uma quantia de dinheiro relativamente baixa simplesmente esmagou o ex-presidente e possível vencedor das presidenciais deste ano”, frisou Chichin.

Para ele, infelizmente, Lula não tem um substituto digno, além disso, Dilma Rousseff não pode liderar o PT.

“Agora o Brasil está mergulhando em um tempo de incerteza. Em vésperas de eleições o país está tremendo”, destacou, lembrando as recentes declarações do general Villas Bôas que apontou o desejo dos militares de participarem da vida política do país.

Em conclusão, Aleksandr Chichin sublinhou que, com a prisão de Lula, a situação no Brasil está virando pouco clara. Não há nenhuma confiança no governo no poder, mas há a indignação popular com o fato de um líder que mostrou boas qualidades, um líder do povo, se encontrar na prisão.

“Assim, o Brasil entra em uma época de turbulência”, resumiu o especialista.

Em 7 de abril, o ex-presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, foi preso para cumprir uma pena de 12 anos e 1 mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. (Sputnik)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »