Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Fim das negociações: Lula decide se entregar após missa

Do lado da instituição, o diálogo foi liderado pelo delegado Igor Romário de Paulo

Após intensa negociação entre advogados e aliados de Luiz Inácio Lula da Silva e a cúpula da Polícia Federal, o ex-presidente deve se entregar na tarde deste sábado (7). O canal de diálogo foi aberto após a decisão inicial de Lula de não se entregar para o cumprimento da ordem de prisão emitida pelo juiz federal Sérgio Moro na última quinta-feira (5).

Desde então, o líder petista está abrigado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, onde na manhã deste sábado (7) deve se pronunciar e se entregar após a celebração da missa em homenagem a Marisa Letícia, que hoje completaria 68 anos.

Não foram divulgados os nomes das três pessoas que conduziram as negociações, por parte de Lula, com a Polícia Federal, relata o Estado de São Paulo. Já do lado da instituição, o diálogo foi liderado pelo delegado Igor Romário de Paulo, o qual afirmou que apesar do impasse era remota a possibilidade dos agentes entrarem à força para prender o ex-presidente no sindicato.

Missa

A missa em homenagem ao aniversário da ex-primeira-dama Marisa Letícia deve ser marcada pelo discurso de indignação do ex-presidente Lula, seu companheiro por 42 anos. Marisa Letícia Lula da Silva faleceu em 3 de fevereiro de 2017, aos 66 anos, vítima de um AVC, após uma série de acusações que a tornaram ré de duas ações penais no âmbito da Lava Jato, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. As acusações foram extintas após a sua morte.

Conforme relata a coluna Painel, da Folha de São Paulo, quem acompanhou o petista no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Paulo, onde ele se encontra desde que recebeu a ordem de prisão do juiz federal Sérgio Moro na quinta-feira (5), ele repete o discurso de que seria vítima de uma perseguição do Judiciário e do Ministério Público, a qual teria sido escancarada nos últimos dias. (Notícias ao Minuto BR)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »