Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Primeiro-ministro da Malásia dissolve Parlamento e convoca legislativas

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, anunciou nesta sexta-feira (6) a dissolução do Parlamento para convocar eleições legislativas, em meio ao escândalo financeiro que abala o país.

“Gostaria de informar à população que me reuni com o rei e pedi permissão para que o Parlamento seja dissolvido no dia 7 de abril”, declarou Najib na TV estatal.

O soberano tem uma função eminentemente honorária neste país do Sudeste Asiático de cerca de 30 milhões de habitantes, de maioria muçulmana.

A comissão eleitoral deve anunciar nos próximos dias a data da eleição legislativa, que deve acontecer nas próximas semanas.

A coligação liderada por Najib está no poder desde a independência, em 1957, desta antiga colónia britânica, mas tem perdido apoio diante do vasto escândalo de corrupção envolvendo o fundo soberano de desenvolvimento 1MDB, criado por Najib ao chegar ao poder, em 2009, para modernizar o país.

Com uma dívida de 10 biliões de euros, o fundo está no centro de uma série de desvios de dinheiro investigados em diversos países, como Suíça, Cingapura e Estados Unidos.

Najib e 1MDB negam qualquer atitude ilegal relacionada ao fundo.

A Organização Nacional dos Malaios Unidos (UMNO), sigla maioritária de Najib, conseguiu manter-se no poder nas últimas legislativas (2013) por uma estreita margem com os outros partidos da coligação.

Mesmo com a oposição enfraquecida, uma vitória dos partidos da coligação nas próximas eleições ainda é incerta, porém, devido ao retorno de Mohamad Mahathir à linha de frente da política. Primeiro-ministro por 22 anos (1981-2003), Mahathir é um crítico ferrenho de Najib desde a explosão do escândalo do 1MDB. (AFP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »