Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Árabes constroem maior central de produção de energia solar do mundo com 200.000 milhões de dólares

A luta não declarada pelo título de maior central solar do mundo acaba de conhecer importante concorrente. Os árabes voltam a mostrar o seu poderio com um investimento gigante na ordem dos 200.000 milhões de dólares para uma central de produção de energia elétrica com recurso aos fotões emitidos pelo astro rei, o sol. O dinheiro tem origem no SoftBank Group Corp. e do governo da Arábia Saudita.

A Arábia Saudita poderá assim reclamar dois feitos no campo das tão em voga energias renováveis. A central de produção de energia solar será a maior em termos de dimensões e também em capacidade de geração, que se situará na ordem dos 200 GW.

O acordo foi celebrado entre Masayoshi Son, fundador do SoftBank, e Mohammed Bin Salman, poderoso príncipe herdeiro saudita, e contempla os 200.000 milhões de dólares referidos. Este investimento é o mais forte alguma vez realizado nesta área em toda a história da humanidade.

Arábia Saudita quer deixar de depender do petróleo

Ainda são poucos os detalhes que se conhecem relativos ao projeto da maior central de produção de energia solar. Os 200 GW que promete gerar representam o triplo da capacidade total de geração da Arábia Saudita, país banhado pelo sol desértico e que tem enorme potencial de geração de energia deste tipo. Quanto ao impacto em termos de emprego representará a contratação de mais de 100.000 pessoas para a sua construção. Os trabalhos deverão estar concluídos em 2030, altura em que será atingida a sua capacidade máxima de geração de energia elétrica.

Até aqui a maior central solar do mundo seria a a Solar Choice Bulli Creek PV que estará instalada na Austrália e terá capacidade de geração de apenas 2 GW. A sua construção deverá estar concluída no horizonte de cinco anos, em 2023. O projeto apresentado agora pela Arábia Saudita possui dimensão 100 vezes superior.

Os 200 GW de energia gerada pela Arábia Saudita na sua nova central de energia solar representam também o quádruplo de toda a energia gerada com recurso ao sol em todo o ano de 2017. As dimensões faraónicas do projeto levaram o príncipe árabe Bin Salman a proferir que este «é um grande passo na história da humanidade. É audaz, arriscado e esparamos consegui-lo».

O SoftBank prossegue assim o seu plano de domínio mundial do setor da tecnológia. Outros passos importantes foram dados neste sentido com a aquisição de empresas como a ARM e a Boston Dynamics. A Arábia Saudita quer a todo o custo diversificar a sua economia para além dos rendimentos gerados pelo petróleo (Maistecnologia)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »