Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Caminhos de ferro iniciam jornada de 36 greves contra reforma de Macron

A primeira das 36 greves dos caminhos de ferro franceses até finais de junho começou hoje marcando um protesto contra as reformas para o setor ferroviário propostas pelo presidente Emmanuel Macron.

Hoje, apenas um em cada oito comboios de alta velocidade (TGV) realizam ligações sendo que se preveem as mesmas proporções nas paralisações dos comboios que fazem viagens de longo curso.

Prevê-se que 25% das ligações internacionais vão ser canceladas durante o dia destacando-se que todas as viagens para Espanha não vão realizar-se, segundo o sindicato da Sociedade Nacional de Caminhos de Ferro (SNCF) que convocou as jornadas de protesto.

O principal motivo das greves de 48 horas – todas as semanas – até ao final de junho é a reforma do sistema ferroviário imposta por decreto pelo governo de Macron.

Entre outras medidas, a reforma põe fim ao “estatuto laboral privilegiado dos trabalhadores da SNCF” o que vai permitir alargar as ligações ferroviárias a companhias privadas sobretudo nas ligações de alta velocidade.

A paralisação de hoje coincide com greves na companhia Air France (a quarta desde janeiro), greves na recolha de lixo urbano e manifestações nas universidades. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »