Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Projecções do FMI alinhadas com programas macroeconómicos do Governo angolano

As projecções do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre o crescimento económico de Angola, neste ano, estão alinhadas com as medidas contidas no Plano Intercalar e no Programa de Estabilização Macroeconómica, gizados pelo Governo angolano.

A afirmação é do ministro de Estado de Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Júnior, tendo considerado que as previsões do FMI, que apontam para este ano um crescimento económico de 2,2 porcento e uma taxa de inflação de cerca de 24% para Angola, como positivas, tendo em conta as medidas que o Governo angolano tem tomado nestes dois domínios.

O governante, que falava esta quinta-feira à imprensa, no final de um encontro entre a equipa económica angolana e a delegação do FMI, que se encontra no país desde o dia 28 de Fevereiro, para avaliar a situação macroeconómica do país, afirmou que as projecções deste organismo internacional são positivas, na medida que apresentam uma evolução de 1,6%, na sua primeira previsão, para 2,2 porcento (crescimento económico) e uma taxa de inflação abaixo do ano 2017.

Segundo Manuel Nunes Júnior, essas projecções poderão evoluir consoante a dinâmica da economia angolana, representado ainda números provisórios.

O encontro com a delegação do FMI, chefiada pelo Ricardo Velloso, serviu para apresentar à equipa económica do Governo angolano as constatações registadas durante a missão do FMI em Angola, bem como deixar algumas recomendações ao abrigo do artigo IV (tem a ver com as missões que o fundo faz aos países membros para acompanhar regularmente a evolução económica e financeira dos seus filiados).

A reunião contou com as presenças dos ministros das Finanças, Archer Mangueira, Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, o governador do BNA, José de Lima Massano, entre outras individualidades.

A última visita da missão do FMI a Angola, realizada de 06 a 15 de Novembro de 2017, no âmbito da preparação da Missão de Vigilância ao Abrigo do Artigo IV, fez o acompanhamento intercalar da evolução económica do país e actualizou as projecções macroeconómicas.

O FMI, de que Angola é membro desde 1989, é uma organização internacional criada em 1944, tendo como missão garantir a estabilidade do sistema monetário internacional, através de um Sistema de Vigilância Económica e Financeira mundial que visa consultar e monitorar regularmente o progresso das economias nacionais, identificando os principais factores de risco propiciadores de instabilidade económica ou financeira. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »