Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Proclamada Zona de Livre Circulação Continental (ZCLC)

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, foi o 4º estadista que assinou, em Kigali, os três instrumentos que proclamam a existência, a partir de hoje, da Zona de Livre Comércio Continental.

Antes de João Lourenço, os presidentes do Niger, Mahamadou Issoufou, do Tchad, Idriss Déby, e do Rwanda, Paul Kagame, assinaram os três instrumentos jurídicos do acordo: O da Zona de Livre Comércio, da Livre Circulação de Pessoas e a Declaração de Kigali.

Quarenta dos 55 países da União Africana assinaram o acordo.

Para que a Zona de Livre Comércio comece a vigorar é necessário que metade dos parlamentos dos países que o assinaram ractifiquem este instrumento.

O presidente da Comissão da União Africana, Moussa Fakir, apelou que se faça antes do fim ano.

Na abertura da cerimónia, o Presidente Paul Kagame destacou que o acordo é tão importante por estar em jogo a dignidade dos povos de África.

Desta forma, disse que esta zona tem o compromisso de dar prosperidade aos africanos.

Na sequência, Moussa Fakir Mahamat, alertou para a existência de posições “maquiavélicas” que tentam dissimuladamente impedir o êxito da Zona de Livre Comércio.

Sublinhou que a integração em África é irreversível e aos indecisos lembrou que a “integração não é uma opção, é um imperativo”.

A caminhada para o sucesso não deixa lugar para fracos – afirmou. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »