Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ministra anuncia construção do Porto de pesca no Cuanza Sul

A ministra das Pesca e do Mar, Victória de Barros Neto , anunciou quinta-feira a construção de um porto de pesca no Porto Amboim e um centro de apoio a pesca artesanal.

Falando no acto de encerramento do Fórum de revitalização da pesca artesanal, a dirigente realçou que “ao prestar uma particular atenção à criação e revitalização do sector, estas infra-estruturas proporcionarão o melhor aproveitamento do pescado capturado”.

“Actuaremos com base nos programas gizados pelo executivo, no sentido de alavancar o sector produtivo, contribuindo deste modo para a diversificação, crescimento e fortalecimento da economia no Cuanza Sul”, disse a governante , acrescentando que desta forma evita-se perdas elevadas após as capturas.

Apelou aos pescadores, armadores e investidores para criar cooperativas e associações que permitam aumentar a produtividade e competitividade para que apoiem a médio prazo no desafio de substituição das importações pelas exportações.

Relativamente ao apoio financeiro, prosseguiu, os interessados deverão apresentar os seus “projectos bem elaborados e estruturados” para que sejam analisados e aprovados pelas instituições financeiras.

Victória Neto que o seu ministério vai continuar a apoiar iniciativas no domínio da fiscalização de pescas, formação de quadros e investigação cientifica, apesar dos poucos recursos disponíveis.

Afirmou que o Cuanza Sul tem capital importância geoestratégica tendo em conta que dispõe de abundantes recursos biológicos aquáticos, pesqueiros ao longo dos 178 quilómetros de costa marítima que criam as condições favoráveis para o desenvolvimento da pesca continental e artesanal .

O Fórum de revitalização da pesca artesanal debateu temas como “O ponto de situação do sector pescas na região” e “A revitalização das infra-estruturas/acessos ao crédito/legalização das embarcações/consequências da falta de fiscalização”.

Fizeram igualmente parte da agenda, “A importância do centro de processamento de pescado/constrangimentos”, “A revitalização do sector pesqueiro, infra-estruturas, medidas e políticas” e “O contributo da pesca artesanal no desenvolvimento da economia nacional”.

Estiveram presentes no fórum, o goverdanor do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, o presidente do conselho de administração do BDA, Abraão Gourgel, diplomatas, representantes de bancos comerciais, associações e cooparativas de pesca e entre outros convidados. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »