Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Itália: Matteo Renzi anuncia saída da liderança do Partido Democrático

Decisão anunciada esta segunda-feira, na sequência dos resultados nas eleições deste domingo.

Matteo Renzi, o antigo primeiro-ministro italiano, vai apresentar a demissão da liderança do Partido Democrático (PD).

A notícia está a ser avançada pela agência Ansa e surge na sequência dos resultados eleitorais deste domingo. O líder do PD tomou esta decisão após os resultados do partido terem sido uma desilusão. A coligação centro-esquerda liderada pelo partido de Renzi não foi além dos 23%.

O Movimento 5 Estrelas (M5S), que se apresenta como antissistema, foi o partido mais votado em Itália nestas eleições, após uma subida histórica. O M5S conseguiu quase 32% dos votos. O líder e candidato Luigi di Maio qualificou hoje de “históricos” os resultados. Mas esta não foi a única subida a ter em conta nestas eleições que trazem incertezas.

A coligação de direita formada pela Força Itália, de Silvio Berlusconi, a Liga do Norte e o pequeno partido Irmãos de Itália obtiveram cerca de 37% dos votos. Trata-se da maior votação nestas eleições mas um valor ainda insuficiente para alcançar a maioria.

Como realçava a Lusa, dentro desta coligação é a Liga do Norte, de Matteo Salvini, quem ocupa a liderança da corrida eleitoral. Trata-se de uma formação eurocética e anti-imigração, aliada de Marine Le Pen (do partido de extrema-direita francês Frente Nacional). (Notícias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »