Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Estado deve elaborar políticas de inclusão social para autistas

O Estado angolano deve elaborar políticas públicas que permitem a inclusão social das pessoas que sofrem de autismo, para acabar com os estigmas e exclusões da sociedade, inclusive no seio da própria família, defendeu o sociólogo Paulo de Carvalho.

O sociólogo dissertou sobre os “desafios do Estado para a gestão das políticas públicas para as pessoas com deficiência – o caso de pessoas com autismo”, na terceira Conferência de Pessoa com Autismo, em curso de 31 de Março a 2 de Abril do corrente ano, no Memorial António Agostinho Neto.

Disse que essas políticas devem consubstanciar-se no alargamento do acesso a oportunidade, tratamentos de distúrbios, disseminação de informação sobre os transtornos, combate a discriminação e estigmatização, entre outras.

Durante a sua explanação, adiantou que o autismo está associado a outros transtornos de várias índole, como psicológico, motora, fisiológicas, sociais, bem como as acessibilidades aos serviços.

O evento decorre sob o lema “Autismo, Família, Comunidade e Sociedade”, no âmbito das celebrações do Dia Mundial do Autismo, a ser assinalado a 2 de Abril, numa promoção da Associação Angolana de Amigos de Autista (ASSAMA)

A Associação Angolana de Amigos de Autistas (ASSAMA) é uma associação de solidariedade social que rege pelo seu estatuto e demais legislação vigente no país, cuja missão consubstancia-se em ajudar os pais e crianças autistas, promover a formação e a educação das pessoas com espectro autistas, apoiar a investigação da etiologia e colaborar com instituições congéneres angolanas e estrangeiras.

A efeméride instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), com intuito de alertar as sociedades e os governos sobre a síndrome que afecta mais de 70 milhões de pessoas em todo mundo, sofrem dessa patologia.

O autismo é um transtorno global de desenvolvimento infantil que se manifesta até os três anos de idade e que se prolonga por toda vida. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »