Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Efectivo do MININT orientado apostar na formação técnico-militar

O efectivo do Ministério do Interior foi orientado, terça-feira, na província do Huambo, a apostar cada vez mais na formação académica e técnico-militar, de modo a acompanhar a dinâmica de crescimento da sociedade.

O desafio veio do delegado em exercício do Ministério do Interior (MININT) no Huambo, Armando Vieira, quando discursava no acto comemorativo dos 39 anos de existência do Serviço Penitenciário, tendo referido que os desafios actuais da sociedade exigem homens preparados em todas as vertentes, com realce para a técnica militar.

Armando Viera disse ser fundamental continuar a aprimorar as competência técnico-profissional do efectivo, adequar a actuação dos órgãos operativos do Ministério do Interior aos desafios actuais da sociedade, sobretudo, quanto à criminalidade.

Relativamente ao Serviço Penitenciário, o responsável disse que a instituição contínua a prestar especial atenção a melhoria das condições de comodidade do efectivo da comarca do Cambiote, assim como do bem-estar dos 1.217 reclusos, desde alimentação, saúde e formação.

Neste sentido, explicou que o MININT desenvolveu, em parceria com as direcções da Educação e do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), um leque de programas curriculares que vão desde alfabetização ao II ciclo do ensino secundário, além da capacitação técnico-profissional nas áreas de carpintaria, alvenaria, canalização e electricidade, tendo em vista a sua inserção no mercado de trabalho após o cumprimento da pena.

Armando Viera sublinhou que a actividade penitenciária, de acordo com o artigo 3ª da Lei 08/08, de 19 de Setembro, sobre o processo de reabilitação do recluso, baseia-se em dos princípios da ressocialização, da não descriminação, do reconhecimento da dignidade do recluso e da prevenção especial e geral, orientações estas que, apesar das dificuldades financeiras, têm sido cumpridas com brio e eficácia.

O Serviço Penitenciário, criado a 20 de Março de 1979, é o órgão do Ministério do Interior, encarregue do controlo e execução das penas e medidas de segurança impostas pelos tribunais aos indivíduos sujeitos a privação de liberdade, sua reeducação, bem como do acompanhamento dos prazos de prisão preventiva. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »