Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Conselheiros convergem sobre mobilização para autarquias

A mobilização da sociedade para a participação nas eleições autárquicas, previstas para o ano de 2020, constitui, desde já, uma das prioridades dos membros do Conselho da República.

Este posicionamento foi manifestado à imprensa no final da reunião do órgão que hoje analisou uma informação sobre o Orçamento Geral do Estado (OGE) 2018 e a Estratégia de Implementação das Autarquias.

De acordo com o rei dos Bayaka, António Charles Muanauta Cabamba, os membros das comunidades desconhecem a importância das eleições autárquicas, daí a importância do trabalho com esse segmento.

Acrescentou que isso irá permitir a transmissão de toda a informação ligada ao processo.

“Represento as autoridades tradicionais e a minha informação terá de chegar a todos eles porque a autoridade tradicional vive com as comunidades”, salientou.

Já o líder do Partido de Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, referiu que a data de 2020 foi consensual.

Porém, ao contrário da posição gradualista, ou implementação faseada das autarquia, como defendem a maior parte das formações políticas com assento parlamentar, Benedito Daniel salienta a importância de um debate mais extensivo à sociedade civil.

Já o empresário Luís Nunes confirmou que houve consenso nos pontos discutidos.

Disse que vai participar na mobilização de todos, com vista a dar o seu contributo no processo das eleições autárquicas.

Este posicionamento é idêntico ao do reverendo Luís Nguimbi que, em representação das igrejas, disse que a tarefa é árdua e a sensibilização dos participantes às eleições autárquicas constitui uma viragem para o país.

Em sua opinião, é mais importante o trabalho de sensibilização do que a marcação da data.

Neste mesmo diapasão, o membro do Conselho, Ismael Mateus, referiu que vivemos um momento importante e destacou a participação, no encontro, do antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que marca este processo de transição e de normalização das instituições. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »