Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

AIPEX imprime celeridade nos processos para investimento privado

A redução de custos e tempo na tramitação dos processos, bem como a remoção de alguns constrangimentos que têm inibido o investimento privado no país, constam das principais linhas de força do conselho de administração da Agência de Investimento e Promoção das Exportações (AIPEX).

A concretização deste objectivo, baseado na nova lei de investimento privado, a ser aprovada pela Assembleia Nacional, centra-se em quatro pilares fundamentais: promoção e captação de investimentos com impacto positivo na balança comercial, tramitação célere dos processos, articulação institucional e a promoção das exportações, de acordo com o presidente do conselho de administração da AIPEX, Licínio Contreiras.

Em declarações à Angop, após o acto de tomada de posse do conselho de administração, o gestor referiu que a AIPEX vai se orientar com base à nova lei do investimento privado, que estabelece os princípios e as bases para facilitar, promover e acelerar a aplicação de capitais no país.

Para melhoria do ambiente de negócios no país, o gestor apontou a construção de novas infra-estruturas ligadas aos sectores da Energia e Águas, vias de comunicação (estradas e pontes), formação do capital humano para operar com as novas tecnologias do sector produtivo, assim como o apoio institucional do Estado e financeiro da banca, como as principais variáveis que devem ser melhoradas, com vista a incentivar os investidores.

“Queremos que o investidor privado tenha um bom ambiente de negócios no país, com vista a melhorar a situação económica de Angola”, almejou.

O acto de tomada de posse dos membros deste conselho de administração, realizado nas instalações da extinta Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX), coube ao ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca.

O conselho de administração da Agência de Investimento e Promoção das Exportações é presidido por Licínio de Freitas Vaz Contreiras, tendo como administradores Cláudia da Encarnação Costa Gonçalves Pedro, Lello João Francisco, José Chinjamba e Sandra Maria Pinto Dias dos Santos.

A AIPEX surge em consequência da extinção, por Decreto Presidencial, da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX) e das Unidades Técnicas de Apoio ao Investimento Privado (UTAIP).

Com a criação da AIPEX, pretende-se alterar o actual quadro institucional do investimento privado e o estabelecimento de um sistema único de gestão do processo, bem como da promoção e incentivo às exportações, em que o novo ente seja o interlocutor entre o Executivo e os investidores.

A AIPEX é o órgão da Administração Indirecta do Estado, cujo objectivo consiste em promover os investimentos e as exportações, de modo a fomentar e melhorar as potencialidades e oportunidades do país, bem como a competitividade das empresas nacionais nos seus processos de internacionalização. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »