Radio Calema
InicioDesportoFutebolUEFA anuncia novidades

UEFA anuncia novidades

A Liga dos Campeões terá novidades importantes a partir da próxima temporada. A Uefa anunciou na terça-feira as mudanças no regulamento da competição mais importante entre clubes do Velho Continente, que também serão válidas para a Liga Europa: os clubes poderão inscrever até três reforços contratados em Janeiro, sem limitações; será permitida uma quarta alteração em caso de prolongamento; e os confrontos de mata-mata terá um novo “horário nobre”.

As alterações foram aprovadas pela organização após uma reunião do Comité Executivo, em Fevereiro, e também depois de um encontro da International Board (IFAB), em Zurique, no começo do presente mês, que deu aval para mudanças.
O comunicado divulgado pela entidade aponta que os clubes passarão a ter direito de inscrever, após a fase de grupos, três novos atletas “sem qualquer restrição” – uma medida que procura estar alinhada com o regulamento das ligas nacionais.

A intenção é permitir que reforços contratados na Janela de Transferências do inverno europeu, em Janeiro, possam actuar normalmente, independentemente de ter disputado um torneio continental na mesma temporada por outra equipa.
Philippe Coutinho, por exemplo, não pode defender o Barcelona no mata-mata da Liga dos Campeões, uma vez que disputou a fase de grupos pelo Liverpool nesta mesma temporada – enquanto no Campeonato Espanhol, entretanto, não tem restrições para entrar em campo. Este cenário não existirá mais, ao menos nas próximas três temporadas.

A Uefa decidiu implementar, também, nas suas competições, a quarta substituição em caso de prolongamento nos jogos eliminatórios, nas etapas de classificação pré-fase de grupos e a partir das oitavos de final. Esta alteração será independente das outras três. Tal medida já havia sido implementada pela Fifa na Copa das Confederações, no ano passado, e também estará presente na Copa do Mundo deste ano.

Além disso, a partir da próxima temporada 23 jogadores poderão ser inscritos para cada partida – e não apenas 18, como no formato actual. Desta forma, os treinadores passarão a ter 12 opções de substitutos no banco de reservas em todos os confrontos.

A Liga dos Campeões e a Liga Europa terão novas faixas de horários para os seus jogos. O novo \”horário nobre\”, padrão para a maioria das partidas, será às 21h00 no Horário Central Europeu (CET) – que está quatro horas à frente do Brasil, sem incluir horário de verão em qualquer dos países. Entretanto, a cada dia de jornada na fase de grupos da Champions, dois jogos serão realizados às 18h55 (CET). Todos os jogos da última ronda desta mesma fase serão disputados simultaneamente.

A partir da próxima temporada, também exiistirá um emblema de multicampeão, que só poderá ser usado por equipas que vençam uma competição europeia pelo menos três vezes consecutivas ou um total de cinco edições. A princípio, o único clube habilitado a usar este escudo será o Sevilla, que já conquistou a Liga Europa em 2006, 2007, 2014, 2015 e 2016. O Real Madrid, actual bicampeão da Champions, poderá conquistar o mesmo direito caso vença a Liga dos Campeões nesta temporada – na qual já está nos quartos de final. (Jornal dos Desportos)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.