Radio Calema
InicioAngolaPolíticaUNITA apela maior atenção à área social no Cuanza Norte

UNITA apela maior atenção à área social no Cuanza Norte

O secretário da UNITA no Cuanza Norte, Francisco Fernandes Falua, apelou esta terça-feira, em Ndalatando, ao Executivo para prestar maior atenção à área social na província, sobretudo na melhoria da assistência médica e medicamentosa e no fornecimento de água e de energia eléctrica.

Ao falar à Angop, o político admitiu que actualmente a oferta destes serviços na província ainda é deficiente e que é necessário mais esforços para inverter o actual quadro, que considerou “preocupante”, para que a população possa viver em condições condignas.

Considerou ser bastante notória a falta de medicamentos nas unidades sanitárias, a escassez do fornecimento de energia eléctrica e de água potável à população, o aumento do desemprego entre a juventude, além do estado avançado de degradação das vias de acesso.

Lamentou também as condições deploráveis do Hospital materno Infantil da província, que se debate com a falta de água e de medicamentos, tendo apelado ao governo do Cuanza Norte a passar das palavras à prática, quanto às promessas para a resolução dessas preocupações.

O político lamentou não entender por que razão a província enfrenta dificuldades graves no abastecimento de água potável e de energia, uma vez que é atravessado por dois grandes rios, o Kwanza e o Lucala, no caso e, situar-se entre as três maiores barragens hidroeléctricas do país, nomeadamente, Cambambe, Capanda e Laúca.

Entretanto, Francisco Falua, salientou que o seu partido vai continuar a denunciar a existência dos problemas graves que afligem as populações, com vista a contribuir para a melhoria das condições sociais dos cidadãos.

Referiu que cabe ao governo que controla e gere os recursos do país intervir para resolver os problemas da população, enquanto a Unita, cabe mostrar esses mesmos problemas, apontar caminhos para a solução e criticar quando os mesmos não são resolvidos, após serem denunciados.

Acrescentou que só assim este partido estaria a cumprir o seu papel como parceiro do Estado.

“O hospital materno infantil que não tem água, medicamentos e materiais gastáveis e a Unita ao trazer ao público estes problemas está a contribuir para a resolução dos mesmos e a reforçar esta parceria”, frisou. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.