Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Elefante selvagem filmado a “fumar”

Um elefante que, aparentemente, estava a “fumar” na floresta do Parque Nacional Nagarahole, no estado indiano de Karnataka, está a intrigar os especialistas em vida animal. Investigadores da ONG Wildlife Conservation Society (WCS) registaram em vídeo, pela primeira vez, o que parece ser um elefante selvagem a consumir cinzas de carvão e a lançar bafos de fumo.

De acordo com a BBC News, as imagens foram captadas por Vinay Kumar, um cientista da WCS na Índia, em abril de 2016. No vídeo, pode ver-se o animal a usar a tromba para levar cinzas e carvão à boca e depois a lançar bafos de fumo.

Vinay Kumar explicou à estação de televisão britânica que só não divulgou o vídeo antes porque “não percebeu a sua importância”.

Os cientistas especulam que o comportamento inusitado do paquiderme possa ter efeitos medicinais e laxativos ou ser apenas uma brincadeira.

Acredito que o elefante estava a tentar ingerir carvão de madeira, já que parecia apanhar algo do chão da floresta queimada, soprando as cinzas que o acompanhavam e consumindo o resto”, afirmou Varun Goswami, biólogo especializado em elefantes.

O biólogo, que examinou o vídeo, explicou à BBC que “o carvão vegetal tem propriedades que combatem toxinas e, embora possa não ter muito conteúdo nutricional, os animais selvagens podem ser atraídos por esse valor medicinal”.

Além disso, os restos de madeira queimada também podem servir como laxante, duplicando assim a sua utilidade para os animais que os consomem após incêndios florestais ou queimadas controladas”, acrescentou.

Na literatura científica existe apenas um relato de consumo de carvão entre animais, além dos humanos. O macaco colobus-vermelho-de-Kirk, originário da principal ilha do arquipélago tanzaniano de Zanzibar, é conhecido por ingerir carvão para combater toxinas de alguns alimentos, como amêndoas e mangas, ricas em fenóis, compostos químicos não tolerados pela espécie. (TVI 24)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »