Radio Calema
InicioMundo LusófonoPortugalMinistro da Ciência inicia hoje visita à China para reforçar colaboração

Ministro da Ciência inicia hoje visita à China para reforçar colaboração

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, inicia hoje uma visita de quatro dias à China para “impulsionar e planear o reforço da colaboração científica e tecnológica” entre os dois países.

Segundo uma nota do gabinete de Manuel Heitor, a colaboração deverá centrar-se nas áreas da Investigação e Desenvolvimento (I&D) em energia, espaço, computação avançada e nanotecnologia, investigação biomédica e o estudo das relações científicas e culturais entre Portugal e a Ásia.

O ministro da Ciência tem previsto um encontro com o homólogo chinês, Wang Zhigang, que, segundo a nota, está em funções há apenas uma semana, e outro com a presidência da Academia Chinesa das Ciências em Pequim, tendo também no programa uma visita à Universidade de Tshingua.

Manuel Heitor vai proferir uma intervenção na conferência anual da Global Energy Interconnection Development and Cooperation Organization (GEIDCO), promovida pela China State Grid Corporation — a Companhia Nacional da Rede Elétrica da China.

De acordo com a nota, o governante vai ainda abordar a proposta em análise para uma rede global de investigação em energia, com parcerias de instituições científicas portuguesas, a Rede Elétrica Nacional (REN), a GEIDCO e a China State Grid Corporation, que também será visitada pelo ministro português.

“Esta rede tem sido promovida pelo ministro Manuel Heitor a nível internacional para o estudo e desenvolvimento de novas soluções que promovam a sustentabilidade energética, designadamente ao nível da adoção de tecnologias sustentáveis e de sistemas ótimos de integração, juntamente com novos paradigmas de interconexões energéticas a nível global”, explica a nota.

No setor do espaço, Manuel Heitor pretende promover o relacionamento da Academia Chinesa das Ciências com instituições e empresas portuguesas, “designadamente a Tekever, tendo em vista a instalação em Portugal do laboratório Star LAB — Space Technology Advanced Research Laboratory, como planeado nos últimos meses”.

O ministro será acompanhado pelo presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), Paulo Ferrão, pelo o coordenador da Comissão Instaladora do AIR Centre, António Sarmento, pelo presidente do INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, José Manuel Mendonça, e pelo presidente-executivo da REN, Rodrigo Costa. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.