Radio Calema
InicioDestaquesUNITA defende novo registo eleitoral e considera que CNE "não possui a...

UNITA defende novo registo eleitoral e considera que CNE “não possui a credibilidade e isenção para organizar” votações

O Comité Permanente da Comissão Política da UNITA realizou quarta-feira, 21, a sua 6.ª reunião ordinária, na qual defendeu que o país precisa de um novo modelo de administração eleitoral, por entender que a Comissão Nacional Eleitoral (CNE) “subverteu o seu papel”.

Segundo o comunicado final da 6.ª reunião ordinária do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA, que decorreu sob orientação do presidente do partido, Isaías Samakuva, a CNE “não possui a credibilidade e isenção para organizar, executar e conduzir as próximas eleições gerais ou autárquicas em Angola”.

Para o “Galo Negro”, o país precisa de um “novo modelo de administração eleitoral, que satisfaça os imperativos da isenção, da integridade e da justiça eleitoral”.

Nesse sentido, o maior partido da oposição defende “a realização de um novo registo eleitoral e o estabelecimento de garantias para assegurar a integridade, a segurança e a inviolabilidade das respectivas bases de dados”.

O encontro do Comité Permanente da UNITA serviu também para aprovar o Plano de Acção do Partido para o biénio 2018-2019, bem como a estratégia do partido para a implementação simultânea das autarquias municipais, em todo o país.

De acordo com o comunicado final da reunião, os “Maninhos” consideram que o gradualismo na implementação das autárquicas não pode permitir que a lei ordinária limite, condicione ou restrinja o exercício de direitos por nenhum cidadão, ou munícipe, com base no seu local de residência.

“Nem pode definir nenhuma parcela do território nacional, e dos residentes nele, que não pertençam a uma autarquia, sob pena de ferir a unidade da Constituição”, lê-se na mensagem. (Novo Jornal Online)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.