Radio Calema
InicioMundoÁfricaPresidente do Zimbabwe Comuta penas de morte

Presidente do Zimbabwe Comuta penas de morte

O Presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, assinou a comutação de várias sentenças de morte a milhares de prisioneiros, maioritariamente mulheres e menores

Emmerson Mnangagwa, anunciou que este procedimento facilita o esvaziamento de prisões lotadas, salientando ainda que é contra a pena de morte.

Neste momento cerca de 100 prisioneiros estão condenados à pena de morte. Destes, os que estão detidos há mais de dez anos viram a sentença comutada ou transformada em prisão perpétua.

A última execução realizada no Zimbabwe foi em 2005, porque a partir daí mais ninguém quis ser o carrasco. Quanto às mulheres, excepto as que se encontram a cumprir prisão perpétua, as restantes vão ser libertadas e esta medida abrangeu ainda deficientes, doentes em fase terminal e os que foram condenados a prisão perpétua antes de 28 de Fevereiro de 1998.

Cerca de 3 mil detidos entre 20 mil presos, serão beneficiados, afirmou o deputado e comissário-geral prisional Alford Mashango Dube. (Jornal de Angola)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.