Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Conselheiros convergem sobre mobilização para autarquias

A mobilização da sociedade para a participação nas eleições autárquicas, previstas para o ano de 2020, constitui, desde já, uma das prioridades dos membros do Conselho da República.

Este posicionamento foi manifestado à imprensa no final da reunião do órgão que hoje analisou uma informação sobre o Orçamento Geral do Estado (OGE) 2018 e a Estratégia de Implementação das Autarquias.

De acordo com o rei dos Bayaka, António Charles Muanauta Cabamba, os membros das comunidades desconhecem a importância das eleições autárquicas, daí a importância do trabalho com esse segmento.

Acrescentou que isso irá permitir a transmissão de toda a informação ligada ao processo.

“Represento as autoridades tradicionais e a minha informação terá de chegar a todos eles porque a autoridade tradicional vive com as comunidades”, salientou.

Já o líder do Partido de Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, referiu que a data de 2020 foi consensual.

Porém, ao contrário da posição gradualista, ou implementação faseada das autarquia, como defendem a maior parte das formações políticas com assento parlamentar, Benedito Daniel salienta a importância de um debate mais extensivo à sociedade civil.

Já o empresário Luís Nunes confirmou que houve consenso nos pontos discutidos.

Disse que vai participar na mobilização de todos, com vista a dar o seu contributo no processo das eleições autárquicas.

Este posicionamento é idêntico ao do reverendo Luís Nguimbi que, em representação das igrejas, disse que a tarefa é árdua e a sensibilização dos participantes às eleições autárquicas constitui uma viragem para o país.

Em sua opinião, é mais importante o trabalho de sensibilização do que a marcação da data.

Neste mesmo diapasão, o membro do Conselho, Ismael Mateus, referiu que vivemos um momento importante e destacou a participação, no encontro, do antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que marca este processo de transição e de normalização das instituições. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »