Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

AIPEX imprime celeridade nos processos para investimento privado

A redução de custos e tempo na tramitação dos processos, bem como a remoção de alguns constrangimentos que têm inibido o investimento privado no país, constam das principais linhas de força do conselho de administração da Agência de Investimento e Promoção das Exportações (AIPEX).

A concretização deste objectivo, baseado na nova lei de investimento privado, a ser aprovada pela Assembleia Nacional, centra-se em quatro pilares fundamentais: promoção e captação de investimentos com impacto positivo na balança comercial, tramitação célere dos processos, articulação institucional e a promoção das exportações, de acordo com o presidente do conselho de administração da AIPEX, Licínio Contreiras.

Em declarações à Angop, após o acto de tomada de posse do conselho de administração, o gestor referiu que a AIPEX vai se orientar com base à nova lei do investimento privado, que estabelece os princípios e as bases para facilitar, promover e acelerar a aplicação de capitais no país.

Para melhoria do ambiente de negócios no país, o gestor apontou a construção de novas infra-estruturas ligadas aos sectores da Energia e Águas, vias de comunicação (estradas e pontes), formação do capital humano para operar com as novas tecnologias do sector produtivo, assim como o apoio institucional do Estado e financeiro da banca, como as principais variáveis que devem ser melhoradas, com vista a incentivar os investidores.

“Queremos que o investidor privado tenha um bom ambiente de negócios no país, com vista a melhorar a situação económica de Angola”, almejou.

O acto de tomada de posse dos membros deste conselho de administração, realizado nas instalações da extinta Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX), coube ao ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca.

O conselho de administração da Agência de Investimento e Promoção das Exportações é presidido por Licínio de Freitas Vaz Contreiras, tendo como administradores Cláudia da Encarnação Costa Gonçalves Pedro, Lello João Francisco, José Chinjamba e Sandra Maria Pinto Dias dos Santos.

A AIPEX surge em consequência da extinção, por Decreto Presidencial, da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX) e das Unidades Técnicas de Apoio ao Investimento Privado (UTAIP).

Com a criação da AIPEX, pretende-se alterar o actual quadro institucional do investimento privado e o estabelecimento de um sistema único de gestão do processo, bem como da promoção e incentivo às exportações, em que o novo ente seja o interlocutor entre o Executivo e os investidores.

A AIPEX é o órgão da Administração Indirecta do Estado, cujo objectivo consiste em promover os investimentos e as exportações, de modo a fomentar e melhorar as potencialidades e oportunidades do país, bem como a competitividade das empresas nacionais nos seus processos de internacionalização. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »