Radio Calema
InicioMinistériosMinistério da Energia e ÁguasAngola é pela partilha justa dos recursos hídricos

Angola é pela partilha justa dos recursos hídricos

O ministro angolano da Energia e Águas, João Baptista Borges, defendeu hoje (terça-feira), em Brasília, a partilha internacional dos recursos hídricos, de forma justa e equilibra.

O governante, que falava no 8º Fórum Mundial da Água, em representação do Presidente da República, João Lourenço, referiu que Angola, desde os anos 90, que tem participado de forma activa na materialização de cinco acordos internacionais de partilha que subscreveu com países vizinhos.

Desta partilha, destacou os importantes investimentos feitos na regularização do rio Cunene, partilhado com a República da Namíbia.

A regularização do caudal do rio Cunene garante que esse país africano (Namíbia) disponha de um caudal regular ao longo do ano.

A nível interno, João Baptista Borges, avançou que as 77 bacias hidrográficas disponíveis em Angola ainda não cobrem de forma equitativa e regular todo o território.

Na parte centro-sul do país, acrescentou, uma vasta região está sujeita a estiagens prologadas, causando impactos socio-económicos relevantes.

No quadro das prioridades do Executivo, garantiu estarem em curso medidas de mitigação.

Entre as várias notas de realce deste Fórum, o ministro da Energia e águas enalteceu a importância da visão holística sobre os recursos hídricos, cujo lema “Compartilhando Água”, ao seu ver, está em alinhamento com as acções realizadas pela Organização das Nações Unidas, no quadro da Agenda 2030 e dos objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Hoje, representantes de vários países intervieram neste fórum, que decorre até sexta-feira, 23 de Março.

Em paralelo às intervenções dos representantes dos países presentes, num total de 160, decorrem debates sobre o estado actual do fornecimento de água potável à população, saneamento e expectativas globais.

Integram a delegação de Angola, neste Fórum, o embaixador de Angola no Brasil, técnicos de vários dos sectores e representantes de empresas ligadas ao sector das águas. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.