Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Forças Armadas disponíveis para elevar qualidade de vida da população

As Forças Armadas Angolanas (FAA) estão disponíveis para continuar apoiar o Executivo na elevação da qualidade de vida da população, informou, hoje, na cidade do Huambo, o Chefe do Estado Maior General para Educação Patriótica, general Egídio de Sousa Santos.

Discursando no encerramento do XVI seminário metodológico dos órgãos de Educação Patriótica das Forças Armadas Angolanas, aberto quarta-feira, disse que, para o efeito, as FAA continuam em constante preparação operativa, combativa e educativo – patriótica.

Apesar de reconhecer os efeitos negativos da crise económica e financeira, o general afirmou que o país está a registar altos níveis de desenvolvimento económico-social, com maior incidência na educação, saúde, combate à pobreza e na criação de um ambiente favorável ao investimento estrangeiro, capaz de gerar emprego para os jovens.

Nesta perspectiva, considerou imprescindível que se continue a educar a tropa, de modo a manter a coragem e a confiança no Executivo e no Estado-Maior General, na espinhosa tarefa que visa contornar as actuais dificuldades do país.

Aos comandantes de unidades a distintos níveis orientou a colocar o combate do desperdício na utilização dos bens militares no centro de todas as atenções, devendo contar com os órgãos de educação patriótica, que, por sua vez, deverão utilizar como principais ferramentas de trabalho a Constituição da República de Angola, as leis, os regulamentos militares, os discursos do Presidente da República e Comandante-em-Chefe das FAA.

Devem também, segundo o Chefe do Estado Maior General das FAA para Educação Patriótica, apoiar-se nos despachos, nas directivas, nas indicações metodológicas e de organização do Chefe do Estado Maior General, assim como nas sentenças do Supremo Tribunal Militar, com base no interesse da educação jurídica do efectivo castrense.

Entre os assuntos discutidos no XVI seminário metodológico destacam-se “retrospectiva sobre a situação político-militar do país, da região e do mundo, cenários prováveis para 2018”, “o fenómeno da corrupção e suas consequências na sociedade angolana”, “o alcoolismo e o consumo de drogas nas FAA – situação actual e medidas para a sua prevenção”.

Participaram no evento o chefe de Direcção Principal de Educação Patriótica do Estado Maior General, comandantes adjuntos para Educação Patriótica dos três ramos das FAA (Exército, Força Aérea e Marinha de Guerra), das unidades de Guarda e Segurança Presidencial (UGP e USP), chefes das direcções de educação patriótica, das repartições da direcção principal desta área e comandantes adjuntos das unidades de subordinação central. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »