Radio Calema
InicioAngolaRegiõesFalta de vacina anti-rábica dificulta atendimento no Sumbe

Falta de vacina anti-rábica dificulta atendimento no Sumbe

A Repartição Municipal da Saúde no Sumbe, província do Cuanza Sul, regista, desde Janeiro do ano em curso, a falta de vacinas anti-rábicas para atendimento de pacientes vítimas de mordedura de animais.

Em declarações na quinta-feira à imprensa, a chefe de Repartição municipal da Saúde, Maria Lussinga, adiantou que as unidades hospitalares não dispõe de vacina anti-rábicas, pelo que, a situação preocupa as autoridades sanitárias locais.

Acrescentou que com a falta de vacinas muitos pacientes têm que comprar nas farmácias a preços altos, 35 mil kwanzas uma dose, valor que muitas famílias não possuem.

Referiu que, para ultrapassar a situação da rotura, já foi solicitado à Direcção Nacional de Saúde Pública, no sentido de enviar as vacinas para o município, mas, até ao momento, as mesmas não chegaram.

Maria Lussinga, que não revelou o número de casos de mordeduras e de mortes, de Janeiro a data presente, apelou aos proprietários de animais de estimação para cumprirem, regularmente, com a vacinação dos mesmos.

Exortou as famílias que tenham um caso de mordedura de cães, no sentido de lavarem a ferida com água e sabão. (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.