Radio Calema
InicioMinistériosMinistério da Defesa NacionalSecretário de Estado defende recenseamento de antigos combatentes

Secretário de Estado defende recenseamento de antigos combatentes

Os antigos combatentes e veteranos da pátria espalhados por todo o país devem recensear-se para usufruírem dos seus direitos legítimos, defendeu, quarta-feira, o secretário de Estado do sector, Clemente Conjuca.

O responsável que se encontra de visita ao Cuando Cubango teceu estas considerações durante um encontro que manteve, na cidade de Menongue, com ex-presos políticos, sobreviventes do 4 de Fevereiro, guerrilheiros, viúvas, órfãos e deficientes de guerra.

Fez questão de lembrar aos presentes que o antigo combatente só pode beneficiar dos seus direitos se estiver recenseado, daí a necessidade da aceleração do processo de todos os cidadãos angolanos que estão nesta condição.

Clemente Conjuca esclareceu que aqueles que foram funcionários públicos e já reformados recebem o subsídio de mérito pela participação na luta de libertação nacional e a reforma pelo Instituto Nacional de Segurança Nacional.

Para o caso daqueles que não foram funcionários públicos e nem chegaram a ser oficiais nas Forças Armadas, o ministério está a trabalhar para a sua identificação para propiciar o seu direito à reforma.

O Secretário de Estado vai, em representação do ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos “Liberdade”, orientar esta quinta-feira, o acto central do início da Expansão da Luta de Libertação Nacional, que se assinala a 15 de Março (Angop)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.