Radio Calema
InicioMundoEUAQueda de ponte de pedestres na Flórida deixa de 6 a 10...

Queda de ponte de pedestres na Flórida deixa de 6 a 10 mortos, diz senador

Uma ponte para pedestres recém-instalada e abrangendo diversas faixas de trânsito caiu na Universidade Internacional da Flórida nesta quinta-feira, matando de 6 a 10 pessoas, disse o senador norte-americano pela Flórida Bill Nelson à TV local CBS Miami.

O acidente deixou veículos presos em destroços no condado de Miami-Dade, segundo autoridades.

A patrulha rodoviária da Flórida havia falado em várias mortes, mas não tinha fornecido número de vítimas.

Ao menos seis pessoas feridas foram levadas para fora do local e oito veículos estavam presos nos destroços da ponte, disse o prefeito do condado de Miami-Dade, Carlos Gimenez, em entrevista à CBS Miami.

A polícia havia solicitado que helicópteros de TV deixassem a área para que socorristas pudessem ouvir os barulhos de pessoas pedindo ajuda debaixo da estrutura desabada, informou a emissora de TV de Miami.

A Munilla Construction Management, que instalou a ponte, disse em publicação no Twitter que a passarela sofreu um “colapso catastrófico, causando ferimentos e perdas de vida”.

Complicando os esforços de resgate estava a incerteza sobre a integridade da ponte, que tinha partes ainda suspensas, em maioria inclinadas, relatou a mídia local.

A ponte liga a universidade à cidade de Sweetwater e foi instalada acima da rodovia de oito faixas durante seis horas no sábado, de acordo com um relato publicado no site da universidade. A passarela tinha 53 metros de comprimento e pesava 950 toneladas.

A ponte tinha objectivo de fornecer um meio de passagem sobre a Eighth Street, uma das rodovias mais movimentadas do sul da Flórida. Uma aluna de 18 anos da universidade foi morta enquanto tentava cruzar a rua em Agosto, de acordo com relatos da média local.

Alunos da universidade estão actualmente de folga, que vai de 12 de Março a 17 de Março.

Imagens ao vivo da CBS Miami mostraram que a ponte caiu em cima de veículos. Bombeiros estavam no local e médicos acudiam os feridos. Agentes de emergência pareciam tentar abrir caminho por um buraco no topo da ponte.

(Reportagem de Gina Cherelus, Joseph Ax, Daniel Wallis e Andrew Hay, em Nova York, Scott Malone, em Boston, Bernie Woodall, em Fort Lauderdale, e James Oliphant, em Washington). (Reuters)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.