Radio Calema
InicioMundoAmérica do SulOposição venezuelana pede a ONU para não validar eleições presidenciais

Oposição venezuelana pede a ONU para não validar eleições presidenciais

A nova plataforma da oposição venezuelana Frente Ampla Venezuela Livre (FAVL) pediu hoje ao secretário-geral da ONU, António Guterres, para não validar as eleições presidenciais previstas no país para 20 de maio.

O pedido foi feito através de uma carta em que pedem também que seja criada uma equipa de trabalho conjunta, entre a ONU e a FAVL, para acompanhar a crise económica, política e social na Venezuela.

A missiva foi entregue nos escritórios da ONU em Caracas, durante uma concentração que reuniu centenas de pessoas que exigiram que a organização internacional ajuda a garantir “eleições livres, justas e transparentes”.

“O país está a dirigir-se diretamente a António Guterres, como secretário-geral da ONU e que acompanhou muito de perto o processo de negociação (com o Governo) na República Dominicana”, disse aos jornalistas o deputado Luís Florido.

Aquele parlamentar da oposição aproveitou para explicar que estão programadas “eleições sem condições adequadas” e que a nova FAVL é pluripartidária: “não somos um movimento abstencionista, mas um movimento que quer eleições, mas também condições”.

O porta-voz da FAVL, Sérgio Sánchez, explicou aos jornalistas que a oposição insiste na abertura de um canal humanitário para atender a “grave escassez de alimentos e de medicamentos” e que pedem “que a ONU envie uma comissão para que constate a violação dos Direitos Humanos no país”.

A Frente Ampla Venezuela Livre foi criada no passado dia 06, na Universidade Central da Venezuela, durante uma assembleia de grémios em que participaram diversos sindicatos da saúde, académicos, estudantes, representantes de diversos partidos políticos opositores e dissidentes do regime.

No próximo dia 17 de março a FAVL prevê realizar diversas ações de protesto dentro e fora da Venezuela.

A Venezuela tem marcadas eleições presidenciais antecipadas, em conjunto com legislativas e para os conselhos municipais no próximo dia 20 de maio. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.