Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Morreu o “contabilista de Auschwitz”

Oskar Gröning morreu aos 96 anos, depois de ter sido condenado a 4 anos de prisão em 2015 por cumplicidade na morte de 300 mil judeus. Nunca chegou a cumprir pena de prisão nem a atingir “a paz interior” em vida, como declarou à imprensa.

Morreu Oskar Gröning, 96 anos, cúmplice da morte de 300 mil judeus, conhecido como o contabilista de “Auschwitz”.

Gröning foi condenado em 2015 a 4 anos de prisão, de que cumpriu nenhum devido a problemas legais e ao frágil estado de saúde.

Em tribunal, assumiu “culpa moral” pelo que fez em Auschwitz onde contava o dinheiro tirado às vítimas.

Em 1985, o passado que nunca o deixou encontrar paz interior, como declarou à imprensa antes do julgamento, encontrou-se com ele. Um membro do clube de colecionadores de selos que frequentava emprestou-lhe um livro em que o Holocausto era negado. Devolveu-o com uma mensagem que dizia: “Eu vi tudo. As câmaras de gás, as cremações, o processo de seleção… Eu estive lá.”

Paradoxalmente, foi o posicionamento contra a negação do Holocausto que permitiu levá-lo a julgamento. (Euronews)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »