Radio Calema
InicioAngolaSociedadeMineiros da Lunda Norte suspendem greve que durou quatro semanas

Mineiros da Lunda Norte suspendem greve que durou quatro semanas

Sociedade Mineira de Luminas aceitou as suas reivindicações

Os trabalhadores da Sociedade Mineira de Luminas, no município do Cuango, na província angolana da Lunda Norte levantaram a greve que observavam desde de 15 Fevereiro mediante a aceitação das suas principais reivindicações por parte entidade patronal.

O pagamento de metade dos salários em atraso e a exoneração do director da empresa, André Moisés, eram as mais importantes exigências sobre os quais os grevistas não queriam abrir mão.

O responsável do sindicato António Jilo disse que estas reivindicações foram satisfeitas pela Endiama sendo que os salários em atraso deviam ser pagos a partir de meados do mês de Março.

Os grevistas acusavam o director André Gomes Moisés de mau relacionamento com os trabalhadores e de passar informações deturpadas à direcção da Endiama sobre as reivinicações dos trabalhadores.

A Sociedade Mineira de Luminas é uma subsidiária do grupo Endiama,a empresa estatal angolana de prospecção, exploração, pesquisa e comercialização de diamantes. (Voa)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.