Radio Calema
InicioMundoEUAPutin não liga se russos interferiram nas eleições americanas

Putin não liga se russos interferiram nas eleições americanas

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta sexta-feira, em entrevista ao canal NBC, que “não se importa” se cidadãos russos interferiram nas eleições presidenciais dos Estados Unidos em 2016, ao reafirmar que não teve participação nisto .

“Como decidiram que as autoridades russas, inclusive eu, demos alguma permissão para isto?” – questionou Putin na entrevista.

“E se foram mesmo russos?! Há 146 milhões de russos e isto não me importa (…). Não representam o estado russo” – disse Putin sobre a possível ingerência nas eleições.

“Fomos nós que impusemos sanções aos Estados Unidos?! Foram os Estados Unidos que nos impuseram sanções”.

“Aqui na Rússia não podemos processar ninguém que não tenha violado a lei russa (…). Que ao menos nos enviem um papel, um documento, façam um pedido oficial. Aí veremos isto”.

O procurador-especial americano Robert Mueller lidera uma investigação sobre um possível conluio entre o pessoal da campanha de Donald Trump e Moscovo para influenciar na eleição presidencial de 2016.

No mês passado, Mueller acusou formalmente 13 russos de estar por trás de uma operação apoiada pelo Kremlin para divulgar informação falsa e interferir na eleição através das redes sociais.

Segundo Mueller, a estratégia russa começou em 2014, a princípio com um esforço para desacreditar o sistema político americano. Mas em meados de 2016, o plano a cargo de Yevgeny Prigozhin, um homem ligado a Putin, passou a se concentrar no ataque à imagem da democrata Hillary Clinton para auxiliar Trump. (Afp)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.