Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Saúde na Huíla precisa de nove mil funcionários

Nove mil funcionários, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnósticos e terapeutas são necessários para reforçar os 4.073 controlados actualmente pela direcção provincial da saúde, na Huíla, visando potenciar a melhoria da qualidade de assistência médica aos pacientes.

Segundo o director local do sector, Heleutério Hivilíkwa, em declarações hoje, quarta-feira, à Angop, há uma “grande” carência de quadros no sector, que criam dificuldades na implementação da humanização.

Questionado sobre o provimento de vagas, o responsável sublinhou que estão disponíveis 489 vagas, mais 200 em relação a 2012, sendo 238 para médicos em distintas especialidades, 126 enfermeiros, 77 técnicos de diagnósticos terapeutas e 48 quadros de apoio, número que considerou irrisório a julgar pelo défice acima referenciado.

Lembrou que cada ano que passa as necessidades aumentam, porque desde 2012 que a instituição não recebe uma quota para concurso público de admissão de novos agentes, tendo em conta o aumento de infra-estruturas hospitalares na Huíla que vão sendo construídas no âmbito dos Programas de Investimentos Públicos e Combate à Pobreza.

Assegurou que as vagas disponíveis já foram distribuídas nos 14 municípios que comportam a província da Huíla, sendo que o Lubango vai admitir 105 funcionários, 40 dos quais serão inseridos no hospital central Dr. António Agostinho Neto, 18 Maternidade “Irene Neto” e 17 para o hospital Pediátrico “Pioneiro Zeca”.

Já o hospital Sanatório do Lubango tem dez vagas, o Centro ortopédico cinco, gabinete local de saúde seis, Psiquiatria 12, Escola Técnica de Saúde três e 16 concorrentes em tempo de serviço e as restantes vagas estarão distribuídas em 13 municípios da Huíla. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »