Radio Calema
InicioDestaquesPacificação na península: Trump saúda disposição da Coreia do Norte em discutir...

Pacificação na península: Trump saúda disposição da Coreia do Norte em discutir programa nuclear

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, saudou nesta terça-feira (6) a disposição da Coreia do Norte em discutir um eventual abandono do seu polémico programa de armas nucleares em troca de garantias de segurança.

Os líderes de Coreia do Norte e Coreia do Sul concordaram em realizar uma cúpula em abril na Zona Desmilitarizada, depois que Pyongyang sugeriu a possibilidade de renunciar a suas armas atômicas se obtiver garantias para sua segurança nacional, informou nesta terça Chung Eui-yong, emissário do presidente sul-coreano, Moon Jae-in.

Durante um breve contato com jornalistas no Salão Oval da Casa Branca, Trump disse nesta terça-feira que as declarações feitas após o encontro entre as delegações coreanas eram “muito positivas”.

“Acho que as declarações que chegam da Coreia do Sul e da Coreia do Norte foram muito positivas”, declarou Trump, para acrescentar que a substituição da tensão pelo diálogo com Pyongyang “seria muito boa para todo mundo e para a península coreana”.

Em uma coletiva de imprensa posterior, Trump avaliou que os dirigentes norte-coreanos são “sinceros” em sua oferta de diálogo, mas apontou que “são sinceros também pelas sanções e por tudo o que estivemos fazendo sobre a Coreia do Norte”.

“Por isso acho que são sinceros. Espero que sejam sinceros. Logo saberemos”, acrescentou, em uma evidente amostra de cautela.

– ‘Diálogo franco’ –

Chung liderou uma delegação sul-coreana que visitou a capital norte-coreana e foi recebida pelo líder Kim Jong Un, e, ao retornar a Seul, surpreendeu o mundo com a proposta que lhe foi apresentada.

De acordo com Chung, Kim está disposto a falar sobre a desnuclearização em conversas com os Estados Unidos, o que poderia constituir a concessão crucial necessária para permitir o diálogo.

Pyongyang “deixou claro que não há motivos para ter (armas) nucleares caso sejam retiradas as ameaças militares contra a Coreia do Norte e se garanta a segurança de seu regime”, afirmou. (AFP)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.