Radio Calema
InicioMundo LusófonoPortugalPalmas e respeito das chefias marcam regresso a casa de militares portugueses

Palmas e respeito das chefias marcam regresso a casa de militares portugueses

A força portuguesa ao serviço da ONU na República Centro Africana regressou a casa com aplausos e abraços de centenas de familiares e elogios das chefias à dignidade com que cumpriram a missão

O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, almirante Silva Ribeiro, afirmou que os 159 militares merecem respeito “pela forma digna e competente” como cumpriram a sua parte na missão das Nações Unidas para a estabilização daquele país.

Em ação desde setembro de 2017, “tiveram de lidar com ameaças permanentes, um ambiente político, social e militar complexo, elevado ritmo e duração operacional muito acima do adequado para uma força desta natureza”, afirmou.

O secretário de Estado da Defesa, Marcos Perestrello, afirmou que “o mundo não pode ficar indiferente” perante os grupos armados que atuam na República Centro Africano, que a pretexto de interesses diferentes exercem “extorsão e violência sobre as populações”.

Os militares portugueses da segunda força de reação rápida da missão, na sua maioria Comandos, mas também com uma equipa de quatro elementos da Força Aérea, “salvaram vidas e melhoraram as vidas de milhares” de pessoas, vincou. (Observador)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.