Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Novas ligações ferroviárias juntam Costa e Rajoy em Elvas

Os chefes dos Governos português e espanhol assistem esta segunda-feira ao lançamento do concurso para a ligação ferroviária entre Évora e Elvas, numa extensão de quase 100 quilómetros, e das obras de modernização do troço Elvas-Caia, na fronteira.
Novas ligações ferroviárias juntam Costa e Rajoy em Elvas

A obra de construção da nova linha entre Évora e Elvas deverá iniciar-se até março de 2019 e a conclusão está programada para o primeiro trimestre de 2022, num custo de 509 milhões de euros (quase metade provenientes de fundos europeus), segundo o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.

O concurso será lançado no Museu de Arte Contemporânea de Elvas, às 11:30, na presença de António Costa, Mariano Rajoy e da comissária europeia dos Transportes, Violeta Bulk.

Meia hora antes decorrerá na estação de Elvas uma cerimónia simbólica, que assinala o início da empreitada de modernização do troço Elvas-Caia, na fronteira com Espanha.

A comissária europeia dos Transportes destacou a importância da obra do troço de caminho-de-ferro entre Elvas e Caia, que permitirá a Portugal “desenvolver a sua rede de transportes e ligar-se juntamente com Espanha ao resto da Europa”.

Este troço, chamado ‘missing link’, faz parte do corredor internacional sul, que ligará o porto de Sines até à fronteira com Espanha.

De acordo com os dados do executivo comunitário, a modernização do troço Évora-Caia, com um custo estimado de 388 milhões de euros, recebe uma comparticipação da União Europeia de 56% (184 milhões de euros).

Em declarações aos jornalistas poucos dias antes de se deslocar a Portugal, a comissária referiu a importância de uma rede ferroviária europeia moderna e abrangente para garantir o acesso direto de todos os Estados-membros ao mercado único, apontando que “faltava este troço para colocar Portugal a bordo”.

Também na semana passada, o ministro das Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou que “tudo o que o Governo português está a realizar nesta matéria está estritamente alinhado com as diretrizes europeias e em coordenação com Espanha”.

“O que estamos a fazer no Plano Ferrovia 2020, especialmente nos corredores internacionais, é a introdução da travessa polivalente, que permitirá a migração para a bitola europeia e – e apenas se – ambos os países assim o decidirem”, detalhou.

O Plano Ferrovia 2020, que promove as ligações com Espanha e a modernização dos principais eixos ferroviários, engloba, no total, um investimento superior a dois mil milhões de euros, dando especial destaque ao transporte de mercadorias e ao transporte público de passageiros. (Sapo 25)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »