Radio Calema
InicioAngolaRegiõesMalanje: Escola Superior de Malanje necessita de 30 docentes par cobrir défice

Malanje: Escola Superior de Malanje necessita de 30 docentes par cobrir défice

Pelo menos 30 docentes são necessários na Escola Superior Politécnica de Malanje (ESPM) para cobrir o défice de docentes e reforçar o plano curricular, sobretudo para os cursos de psicologia, pedagogia e gestão, hotelaria e turismo.

A informação foi dada sábado à Angop, pelo coordenador da comissão de gestão da referida escola, Guilherme Pereira, referindo que actualmente, a instituição dispõe de apenas 7 docentes efectivos e 65 colaborados afectos ao ensino geral, razão pela qual urge aumentar o número para melhor administração das aulas.

Precisou que a ESPM tem estado a negociar nos últimos tempos com os Ministérios do Ensino Superior, Ciência e Inovação e da Educação, no sentido de se encontrar mecanismos de enquadramento dos docentes colaborados e outros novos, enquanto aguarda-se por concursos públicos para docentes do subsistema do ensino superior.

O responsável admitiu haver uma subcarga horária dos docentes, resultante da escassez de quadros, situação cuja solução deve ser urgente para que se proporcione um ensino de excelência.

Refere-se que no presente ano académico, a Escola Superior Politécnica de Malanje (ESPM) admitiu 208 novos estudantes nos cursos de Pedagogia, Psicologia, Sociologia, Matemática e Gestão e Hotelaria e Turismo.

Desde a sua fundação, em 2011, a instituição já formou 644 licenciados. (Angop/Acc/Nc)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.