Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Rússia pede aos EUA para “não brincarem com o fogo” na Síria

“Seria muito melhor se os EUA deixassem de jogar jogos perigosos que levam à divisão do Estado sírio”, alerta Moscovo.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergey Lavrov, afirmou esta segunda feira que Moscovo vê nos planos dos Estados Unidos para a Síria tentativas de quebrar a integridade territorial daquele país árabe.

“Não podemos observar sem alarme as tentativas de desmembrar a Síria, essa preocupação surge ao conhecer os planos que os Estados Unidos concretizam em campo, particularmente o leste do Eufrates”, disse Lavrov, numa intervenção no fórum de debate internacional “Valdái”, que decorre na capital russa.

O governante acusou os EUA de usarem os curdos da Síria nos seus planos para dividir o país e de darem “passos provocadores” que levaram ao “agravamento das relações com a Turquia”.

“Peço novamente aos nossos colegas americanos para não brincarem com o fogo, para pesarem cada um dos seus passos, começando não pelas necessidades imediatas da situação política, mas pelos interesses, em primeiro lugar, do povo sírio e de todos os povos da região, incluindo os curdos, é claro “, disse Lavrov.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo sublinhou que o sucesso do acordo na Síria não depende do que a Rússia possa fazer, mas do que os Estados Unidos não façam.

“Seria muito melhor se os EUA deixassem de jogar jogos perigosos que levam à divisão do Estado sírio”, insistiu. (Jornal Económico)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »