Polícia de Moçambique expulsa garimpeiros ilegais e apreende explosivos

A polícia moçambicana apreendeu 28 cargas explosivas a três imigrantes do Zimbabué que foram detidos e repatriados por garimpo ilegal de ouro no centro de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte da corporação.

Os imigrantes foram detidos em flagrante ao extrair ouro de uma nova área de exploração, até à qual chegaram guiados por garimpeiros moçambicanos, mas na qual não estavam autorizados a entrar, referiu Mateus Mindu, oficial de imprensa do comando da Policia de Manica.

Segundo aquele responsável, as operações de fiscalização vão continuar para detetar todo os garimpeiros que atuam sem licença em minas de ouro e de outros minerais.

Além de 28 explosivos industriais usados para extrair ouro do subsolo, a polícia apreendeu motobombas, compressores e motorizadas, além de seis sacos de terra refinada, de onde usualmente se extrai ouro após lavagem em rios.

Na zona de Manica há ouro e pedras preciosas o que atrai garimpeiros do Zimbabwe e da região dos Grandes Lagos de África, a noroeste de Moçambique. (Diário de Notícias)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »