Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Pensando em trocar de carro? Veja algumas dicas para economizar na sua próxima aquisição

Trocar de carro parece fácil, porém requer pesquisa e certo conhecimento. E para ajudá-lo, organizamos um guia simples com dicas pra você fazer a melhor escolha.

Para começar, não existe uma técnica correta para descobrir qual a melhor data ou quais são os fatores que indicam a hora certa trocar de carro.

Hoje em dia existem diversas revendedoras confiáveis no mercado e antes de trocar seu veículo analise a situação do mesmo, pois quanto mais usado ele estiver maiores serão os gastos com manutenção.

Porém, não espere muito se você ficar com dó de trocar seu carro usado, pois com o passar do tempo você gastará cada vez mais com a manutenção e o seguro também ficará mais caro. Os seguros dos mais antigos são valores mais caros.

Vendendo seu carro usado

Quando decidimos que queremos trocar de carro sem gastar muito, o primeiro passo é saber o quanto de capital se tem em mãos, ou seja, qual valor vale seu carro usado. Vale lembrar que a base de tudo é pesquisar com calma, em sites e lojas.

Feita a pesquisa é hora de levar seu carro para uma avaliação, mas preste atenção, seu carro sempre vai valer mais do que a primeira oferta, então, mantenha a calma e não aceite a primeira proposta.

Entretanto, essa regra vai depender muito do estado de conservação do seu carro usado, ano, modelo, motor, etc.

Despesas com manutenção

Você já se perguntou como a depreciação pode influenciar na troca do seu carro usado? Com o tempo, o valor de venda de cada carro diminui.

Isso ocorre nos primeiros anos porque quanto mais quilômetros você andar, maior será a exigência de manutenções com certa frequência.

Fique atento com as despesas de manutenção. E se você está gastando ou já gastou mais do que o previsto, talvez seja a hora de trocá-lo.

Pense qual sua maior necessidade. Você precisa de um carro para trabalho ou apenas para eventuais viagens? Seja qual for o seu objetivo, não se apegue ao seu veículo só porque você já gastou muito.

Provavelmente, se você for verificar o valor gasto com manutenção irá perceber que o valor é próximo ou um pouco abaixo do valor da aquisição de um carro usado.

Comprar carro seminovo ou usado?

Na dúvida entre carros seminovos e carros usados, em geral o seminovo é aquele veículo que já rodou no máximo três anos, possuiu somente um proprietário e tem baixa quilometragem, uma opção para quem quer gastar menos,

Já o usado é aquele modelo mais popular ou fora de linha, que passou para o “status” de carro usado devido à depreciação. Entre carro seminovo ou usado é importante saber o valor de mercado do modelo escolhido.

Esse valor pode ser consultado na TABELA FIPE, pois nela consta o valor médio de mercado.

Outra dica importante é fazer pesquisas em lojas ou em algum portal de carros. Mas fique atento, pois alguns modelos são difíceis de serem revendidos futuramente.

Verifique as garantias das concessionárias e lojas

Quando se adquire um veículo seminovo, as concessionárias oferecem alguma garantia, além de dados mais confiáveis do veículo.

Por sua vez, quando se adquire um carro usado, as revendedoras costumam oferecer garantias de alguns meses para o novo proprietário.

Uma das vantagens de concessionárias e revendedoras é que elas fazem pesquisas dos carros onde consta (sinistros, bloqueios administrativos) antes de colocar a venda.

Entretanto algumas revendedoras possuem carros para “repasse”, ou seja, não verificam a procedência do veículo deixando-os assim sem qualquer tipo de garantia.

De acordo com o CDC (Código de Defesa do Consumidor), o negócio particular que não desenvolve a atividade de venda como profissão, não está resguardado.

O amparo legal existe quando o negócio for realizado com uma empresa ou concessionária, pois neste caso, tem caracterizada uma “relação de consumo”.

Calcule os valores de IPVA e DPVAT

Quem já possui veículo sabe que o carro mais novo sempre tem um gasto mais elevado com impostos, isso comparado aos usados, que nesse caso levam vantagem, pois o IPVA (Imposto de Propriedade sobre Veículos Automotores) é calculado sobre o valor do carro.

O IPVA é calculado sobre o valor venal e o Seguro DPVAT é calculado em torno de 5% do valor do veiculo. Existem algumas revendedoras onde o veículo já sai com os impostos quitados.

Entre optar por um novo ou usado, é preciso ponderar que o carro novo além do IPVA e seguro DPVAT, também tem o licenciamento.

Já os carros usados, dependendo do ano de fabricação do veículo, não precisa se preocupar com IPVA, pois após alguns anos ele se torna isento desse imposto.

Prevenindo sustos e dor de cabeça após da compra

Já falamos anteriormente que na maioria das vezes, as melhores opções de compras são os carros usados à venda e o ideal é que você fique atento a alguns itens para não levar aquele susto ou tenha dor de cabeça após a compra.

Verifique a documentação:

  • Licenciamento: sua taxa é anual e permite a circulação do veículo nas vias. Caso não esteja regularizado, ele pode ser apreendido e o proprietário perde pontos em sua CHN.
  • IPVA / DPVAT e Multas: o valor desses tributos deve ser pagos na hora da compra do carro. Se estiverem vencidos ou constarem com falta de pagamento, o veículo poderá ser apreendido até a regularização e atribuir pontos em sua CNH.
  • Furto ou Perda Total: Quando ocorre um acidente com perda total ou furto, o veículo possui um histórico registrado no documento.
  • Financiamento: é possível verificar por meio do documento do carro se ele possui alienação a alguma financiadora. Caso não possua, verifique se foi feito a baixa do gravame.

Conclusão

Ao comprar carros seminovos ou usados, mesmo com todos os cuidados e com ajuda de profissionais competentes, é inevitável prever que alguns problemas possam surgir de imediato ou a logo prazo.

Conforme o uso do veículo, alguns problemas podem ir além de reparos mecânicos e para diminuir os riscos, pense bem antes de fazer sua próxima aquisição e leve todos os pontos citados em consideração.

Se você tem alguma dica sobre como comprar um carro usado não deixe de compartilhá-la com a gente. Aproveite também e compartilhe este post nas suas redes sociais e com seus amigos.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »