Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Maduro pede a Donald Trump que avance para o diálogo

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu hoje ao seu homólogo dos Estados Unidos, Donald Trump, que estabeleça um diálogo, solicitando que “mude a sua agenda de pressão” contra a chamada ‘revolução bolivariana’ que lidera.

“Fez campanha promovendo a não intromissão nos assuntos internos de outros países. Chegou o momento de cumprir e mudar a sua agenda de pressão para uma de diálogo, diálogo em Caracas ou Washington? Hora e lugar e lá estarei”, escreveu Nicolás Maduro na rede social Twitter.

Os Estados Unidos consideram Maduro “um ditador” e, nos últimos meses, aprovaram sanções económicas contra altos funcionários do regime e contra a petrolífera estatal PDVSA, através das quais proibiram “negociações sobre novas dívidas e capital”.

A União Europeia aprovou, em janeiro deste ano, sanções contra sete altos funcionários do Governo de Maduro, além do embargo de armas e do veto ao material que poderia ser usado para “repressão interna” na Venezuela.

Caracas defendeu que todas estas ações obedecem a um plano de pressão de Washington para retirar Maduro do poder. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »