Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Comandante da Polícia Nacional no Lobito acusado de abusar sexualmente de uma menor

O comandante da Polícia de Trânsito no município do Lobito, intendente Ernesto Ferreira dos Santos, está a ser acusado de ter abusado sexualmente de uma menor de 14 anos de idade, disse hoje ao Novo Jornal Online o porta-voz do Comando Provincial da (PN) na Província de Benguela.

Segundo uma nota da Polícia Judiciária Militar (PJM), a que o Novo Jornal Online teve acesso, o suspeito foi afastado das suas funções enquanto estiver a decorrer o processo.

A mesma nota refere que “o oficial será presente ao longo desta semana para interrogatório judicial na PJM, e, caso se comprove que o mesmo se envolveu sexualmente com a adolescente, poderá arriscar-se a uma pena de prisão maior e ser afastado definitivamente da corporação”.

De acordo com o superintendente-chefe Pinto Caimbambo, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) tomou nota de uma queixa feita por uma senhora que alegou ser a mãe de uma menina com apenas 14 anos, e que a sua filha teria sido vítima de abuso sexual por parte de um oficial da Polícia Nacional afecto à Unidade de Trânsito.

“Tão logo tomámos conta da situação, abriu-se um processo-crime, os colegas da inspecção convocaram o acusado para a abertura de um processo disciplinar”, disse, acrescentando que os dois processos estão em curso e que o Ministério Público (MP) está a aguardar o resultado dos exames médicos.

“A menina fez alguns exames médicos no laboratório de criminalística de Benguela, para se apurar se foi abusada sexualmente ou não”.

O responsável fez saber ainda que o SIC não deteve o intendente Ernesto Ferreira dos Santos.

“Neste caso, quem está em condições de decretar a detenção do comandante da Unidade de Trânsito é o Ministério Público, em função de o caso ter chegado ao conhecimento do SIC fora do flagrante delito”, esclareceu.

De acordo com uma fonte do SIC, que falou ao Novo Jornal Online sob anonimato, o intendente Ernesto Ferreira dos Santos é também suspeito de tentar corromper a família da menina com dois milhões de kwanzas para abafar o caso.

“Segundo informações dos familiares da menor, o oficial sempre frequentou a casa da vítima, e quando notou que a situação devia tomar proporções alarmantes, tentou subornar a família com dois milhões de kwanzas para abafar o caso”, acusa. (Novo Jornal Online)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »