Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

‘Pablo Escobar’ do Equador é extraditado para os EUA

Washington Edison Prado alegou que era membro das FARC e elegível para amnistia, mas de nada lhe valeu: foi mesmo extraditado por gerir uma operação de exportação de cocaína para os EUA.

Washington Edison Prado, o homem conhecido como ‘Pablo Escobar’ equatoriano, foi extraditado este sábado para os EUA, depois de ter sido apanhado e detido na Colômbia em abril. A informação foi avançada este domingo pela procuradoria-geral do país da América Latina, segundo garante a Associated Press.

A procuradoria acrescentou que Prado foi escoltado por 50 comandos e agentes de polícia até ser entregue às autoridades norte-americanas. A acusação dos EUA que pende sobre Prado está relacionada com o envio de mais de 200 toneladas de cocaína para o país.

A operação de tráfico de droga de Edison Prado era considerada pela polícia a operação mais sofisticada em toda a costa do Pacífico e comparada à do cartel de Medellín de Pablo Escobar. O cartel de Washington Prado enviava uma tonelada de cocaína por semana para a América.

Prado tentou evitar a extradição dizendo que é membro das FARC, o que lhe daria um estatuto especial já que, devido ao processo de paz negociado com o Governo colombiano, os membros da guerrilha podem gozar de amnistia. As autoridades não acreditaram na sua declaração. (Observador)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »